E a praça do comercio?

Há muito tempo que a praça do comercio estava ‘abandonada’, largada aos leões… Mas agora depois das obras e do trânsito cortado, eis que está a nascer uma nova praça!
Além de novos restaurantes a abrir, soube esta semana que abriram também duas discotecas, o Lust e o Ministerium. Adorei a novidade, sinceramente sempre quis ver aquela praça dinamizada, porque como estava metia dó! acho que estão no bom caminho… Agora faltava tirar as aberrações que habitam o meio da praça, uma espécie de árvore de Natal, que não passa de uns quantos ferros ligados por lonas ( espero que iluminada seja bonita, porque caso contrário, é um terror), entre outras estruturas para lá montadas que não percebi para que servem. Era giro que houvesse também animação de rua como há no chiado e na baixa, os homens estátua, malabaristas etc, tal qual Plaza Mayor, dava outro ânimo à coisa!
Sonhos à parte…
No outro dia fui jantar a um dos novos restaurantes, o Aura. o espaço está super giro e a comida não fica atrás, as pataniscas de lavagante estavam óptimas, mas o creme brulée era top top top! Atendimento cuidado, preço por cabeça cerca de 30/35€.

E quem não acha a Praça do Comércio linda ponha o dedo no ar!

Felicidade

…hoje era ficar na cama o dia todo a comer pão caseiro da aldeia quentinho (o melhor do mundo) com manteiga e a ver séries!! Isso era felicidade!
Em vez disso, caminhada às 8h30, trabalhar o dia todo, e pão nem vê-lo, sob pena de virar uma bola!
Como dizem os velhos… #hajasaúde rsrsrs

Madrid #dia4

Mais um dia, e acho que é o último, porque o outro foi passado em compras e não tem grande interesse…

Então começamos o dia pelo museu Reina Sofia, apanhámos o metro para a estação de Atocha e fica muito perto indo a pé. Para quem não tem grande conhecimento de história de arte e por aí fora, penso que este museu acaba por ser mais interessante do que o do Prado, pelo menos para mim foi, porque se trata de arte contemporânea. É também onde está o famoso Guernica, de Picasso, que simboliza o bombardeamento e destruição da cidade de Guernica. Não se pode tirar fotografia nessa ala.
Algumas imagens do Reina Sofia

20121109-204132.jpg

O almoço foi novamente no bairro Chueca, que ficava bem perto do hotel, num restaurante simpático que se chamava Empat Belas lounge, fica ao lado da tal loja que gostei muito, Isolée. Comemos finalmente os famosos huevos rotos, que não são nenhuma ciência oculta de fazer, mas estavam óptimos!

20121109-205029.jpg

A tarde foi passada na Calle Serrano, a rua mais chique de Madrid rsrs, onde tem lojas como Louis Vuitton, Prada, Armani, por aí fora. Fica no bairro de Salamanca, dá para ir a pé desde a Gran Via, descendo até ao palácio de Cibeles, passando a rotunda, fica logo do outro lado.

Mais tarde jantámos num restaurante no fim da Fuencarral, de quem vem da Gran Via, chamado Orio, que também foi dos que mais gostámos. Tinha tapas maravilhosas para quem petisca ao balcão, e tinha uma sala no primeiro andar para comer à carta, foi a nossa opção. O preço médio é de 27€/pessoa. Ficam as fotos.

20121109-210645.jpg

Espero que seja útil a alguém este mini guia, já ficava contente 🙂
Vou ainda fazer um ultimo post sobre Madrid com dicas rápidas e opiniões.

Beso!

Madrid #dia3

Domingo é dia de ‘El Rastro’, como boas turistas, lá fomos espreitar. Descemos para a porta do Sol e continuámos a pé, íamos perguntando na rua onde ficava. Quando chegámos…meu deus, rios de gente, mal se conseguia andar, barraquinhas e mais barraquinhas que nunca mais acabavam! Para quem vai à espera de encontrar uma feira da ladra, como eu ia, esqueça! Não tem nada a ver, não tem quase bancas com objectos usados, tudo é semelhante a qualquer feira de ciganos comum. Fiquei desiludida, ia à espera de algo muito mais distinto. Os preços são iguais aos das nossas feiras ou mais caros. Aconselho na mesma a visita, mas sem grandes expectativas como as que eu tinha ,)

20121107-120035.jpg

Depois do marcado, subimos até à Plaza Mayor, ficámos indecisas entre almoçar lá ou no mercado de San Miguel, que é perto, mas decidimos pela praça, péssima escolha! A praça é linda, mas todos os restaurantes me parecem como aquele em que acabei por almoçar, muitíssimo caro e comida fraquinha.

20121107-120207.jpg

20121107-120426.jpg

Mais tarde fomos ao museu do Prado, aproveitámos que ao domingo, das 17 às 19h é entrada livre. Saímos na estação de Atocha e depois dá para ir a pé. Quem tem um mapa, tem tudo ,)
Estava uma fila enorme, mas não desistam, anda muitoo rápido!
Claro que 2h não dá para ver nem metade, quem quiser ver profundamente diria que são precisas duas tardes e muito conhecimento para conseguir apreciar todo o museu. Lá dentro não se pode fotografar, só tirei estas poucas voos cá fora. A ultima é de uma igreja muito bonita que há ao lado da entrada.

20121107-120855.jpg

20121107-120922.jpg

20121107-120950.jpg

Jantámos num restaurante lá. Perto, basta subir o Paseo del Prado até à próxima rotunda, fica do outro lado da estrada. Chama-se Estado Puro, e recomendo! Gostei muito, a comida é óptima, o espaço é muito giro e tem esplanadas com aquecedores, como muitas outras em Madrid. O preço médio é de 22€/pessoa.

20121107-122218.jpg

Adorei a forma como apresentavam a conta.

20121107-122349.jpg

20121107-122405.jpg

20121107-122605.jpg

20121107-122617.jpg

Tudo delicioso, e esses mini hamburguers eram a coisa mais fofa!!
Desculpem a demora do post, espero ser mais rápida com o próximo 🙂

Madrid #dia2

Ainda dia 2, demos umas voltas pela gran via, onde estava a haver uma manisfetação, e as lojas estavam lotadas de gente, não dava para ver nada. Andamos também pela fuencarral e chueca, tudo cheio por todo lado.
A Fuencarral é uma rua perpendicular à Gran via, apenas com lojas dos dois lados, essencialmente de roupa e sapatos e de preços baixos a médios.
Chueca é um bairro, tido como gay, onde podemos encontrar muitas sapatarias, restaurantes e algumas lojas mais alternativas. Foi lá que vi a loja que mais gostei em Madrid, a Isolée, que fica na Calle Barbieri, sinceramente as outras lojas são todas as que temos em Portugal, as de fast fashion (zaras, h&m etc), e as que não são, deixam muito a desejar. Isto do que eu vi, se alguém tiver uma opinião diferente que se acuse!

20121102-145313.jpg

Well, o jantar foi num restaurante grego chamado Dionisos na/o Chueca (não me lembro a rua, mas é uma das principais), um dos que gostámos mais, estava cheio e é preferível reservar mesa. Pagámos cerca de 16€/ pessoa.

Ficam as fotos…

20121102-145401.jpg

20121102-145414.jpg

20121102-145429.jpg

20121102-145444.jpg

Madrid #dia2

Ontem esqueci-me de dizer que comprámos o bilhete de 10 viagens de metro/bus, que custa cerca de 12€.
Sábado, decidimos começar pelo palácio real, chegamos por volta das 11h30 e estava uma fila enorme, que andou rápido até, +- meia hora. O bilhete normal custa 10€, depois há descontos cartão estudante, idosos etc, pagam metade. Lá dentro é proibido tirar fotos, as únicas que tenho são clandestinas… Adoro palácios, é a tal história da curiosidade pela megalomania, havia salas para tudo, cada qual com a sua cor e estilo, demasiado trabalhadas para o meu gosto ‘palaciesco’, mas não deixa de ser impresionante! Pode visitar-se os salões oficiais, a farmácia real que adorei e a sala de armas.

20121030-003634.jpg

20121030-003703.jpg

Descemos a rua do palácio até chegarmos ao bairro La Latina, onde almoçámos no Buhoa Lounge, e gostámos muito, fica numa mini praça e vale a pena.

20121030-003928.jpg

20121030-003913.jpg

20121030-004013.jpg

20121030-003959.jpg

20121030-004155.jpg

O resto da tarde fomos conhecer o bairro Chueca e andámos pela gran via…
Vou dividir noutro post para não ficar muito grande.

Besos!

Prémio

Já que não posso comer nem pão nem doces, porque me incuti essa decisão durante um mês, vou contornando essa decisão em prol dos meus desejos, não que seja um esquema muito inteligente, mas não quebro o que disse, e é só de vez em quando!
Portanto hoje para o jantar… Pizza com banana e chocolate! No restaurante Gula, no meco, é maravilhosa!

20121020-211530.jpg

O picadinho de peru com gambas que a mãe comeu também é muito bom 🙂